A ansiedade vem quando a cabeça está em qualquer outro lugar, menos no corpo. Está naquela situação pela qual ansiamos, seja boa, ruim, num futuro próximo ou distante. É o pensamento longe sobre algo que talvez esteja muito perto.⠀

Às vezes é tão grande a ansiedade, que paralisamos e já nem mais sabemos onde a nossa mente estava pois ela já nem funciona mais. É o funcionamento além da capacidade e do que suportamos.⠀

Ela sabota tudo pelo qual estamos tão ansiosos. Afinal, como iremos conseguir fazer coisa alguma se estamos com o cérebro desconectado do crânio? ⠀

Nos dias de hoje, é difícil não ser ansioso e isso está sendo considerado normal. Mas se te incomoda, se te faz sofrer, como pode ser normal?⠀

Por isso, seguem aqui algumas dicas que podem ajudar você a se sentir melhor a respeito da ansiedade:⠀

👁️ Avalie o seu grau de ansiedade. É uma ansiedade da correria do dia a dia, muita coisa pra dar conta? Uma ansiedade pontual por conta de um evento? Ou você não consegue fazer mais nada por causa da ansiedade?⠀

👁️ Se você está impossibilitado de exercer suas atividades normais, é preciso buscar um médico para avaliar o que pode ser feito.⠀

👁️ Em todos os casos, faça terapia! O acompanhamento psicológico é essencial na busca do tratamento da ansiedade. *Fiz um vídeo listando 7 possibilidades de apoio psicológico GRÁTIS nesse período de pandemia.

👁️ Procure evitar ou eliminar o excesso de informações que não são necessárias para a sua vida. Desative notificações inúteis do celular e pare de ver inúmeras notícias de fontes imprecisas e sensacionalistas.⠀

👁️ Se organize e mantenha limpo o seu ambiente pessoal e de trabalho. Estar em um espaço organizado ajuda a sentir tranquilidade de modo automático.⠀

👁️ Use práticas de meditação e yoga a seu favor. Lembrando que devem ser realizadas habitualmente para funcionar.⠀

👁️ Se possível, mantenha-se longe de pessoas ou situações que te deixem mais ansioso. Mas, mesmo distante, reflita sobre o porque dessas pessoas provocarem essa sensação em você.⠀

👁️ Pense sobre você mesmo e sobre os seus sentimentos. Seja fiel ao que você realmente é.⠀

Escrito por Sarita Deoli

Nordestina, advogada e graduanda em psicologia. Criou o Trago o Sol para falar sobre as relações do ser humano com si mesmo e com o mundo. Acredita no valor do autoconhecimento e do conhecimento em si. Tem mais esperança do que antigamente e insiste que não está aqui só de passagem.

um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: