A cura é voluntária

Você não se sente bem consigo mesmo. Você está doente. Você precisa de cura. Existem infinitas possibilidades de cura. Várias pessoas te dão dicas do que pode ser feito. Mas você bota banca. Bota banca na sua própria cura. “Ai, é que eu não me identifico muito com isso, sabe?”; “não vou nem tentar porque acho chato”; “não sei se vou conseguir me abrir lá”; “eu não acho que isso cura alguma coisa” (…). Nenhuma cura está ao alcance da pessoa que quer permanecer doente. Ela nem tenta, não tem humildade, não… Ler mais

Gostamos de acalentar a dor

Pra onde vai tudo que nos incomoda e nos faz mal? O que fazemos com isso tudo? Respondemos, gritamos, ignoramos guardamos? Tratamos?

Não adianta querer a cura mas não estar disposto a cumprir o tratamento

Muitas pessoas permanecem doentes porque não estão dispostas a deixar o orgulho de lado. Não aceitam perdoar, evoluir, amar. Querem ficar bem sem deixar a mágoa e o rancor de lado. E isso é impossível.